Carregando...

Estruturação de Private Label

 

caratao

A concessão de crédito por meio de cartão próprio é uma poderosa ferramenta de incremento de faturamento e relacionamento com os clientes.

A sua plena utilização permite que o varejista tenha um sensível aumento do ticket médio, por meio da migração das vendas efetuadas em modalidades cujos valores transacionados são menores, como dinheiro e cartão de débito, por exemplo.

Outro ponto de extrema relevância reside no acesso às informações da base de clientes.
O varejista passa a conhecer não apenas os dados cadastrais dos clientes, mas também os hábitos de consumo. As ações de marketing passam a ser direcionadas, com maior grau de assertividade.
Existem conceituadas administradoras de cartão de crédito que ficam responsáveis pelo risco do crédito e do capital necessário para financiar as operações. Ao varejista, cumpre o papel de captar novos clientes e estimular o uso do cartão private label. A remuneração de tais administradoras, via de regra, é vinculada a um percentual sobre o valor transacionado.
Segue, a seguir, simulação de aumento de faturamento a partir da utilização do cartão private label. Considerando a migração de 10% do volume de transações realizadas nas modalidades dinheiro e cartão de débito para o cartão private label, o aumento do ticket médio e por consequência do faturamento seria de 12%.

 

Num cenário mais agressivo, com migração de 15% das transações à vista para o cartão private label, o crescimento do faturamento seria de 18%. Convenhamos, nada mau!!

 

Como usar o Cartão Private Label para aumentar o faturamento!

Simulação de Cenários

 
           

 

 

 

Qtde. de

Ticket

 

Cenário Atual

Venda Mês

Particip.

Transações

Médio

 

Dinheiro

R$ 350.000

35%

8.750

R$ 40

 

Cartão de Débito

R$ 150.000

15%

2.500

R$ 60

 

Cheque Pré-Datado

R$ 100.000

10%

1.111

R$ 90

 

Cartão de Crédito

R$ 400.000

40%

3.636

R$ 110

 

Cartão Private Label

R$ 0

0%

0

R$ 152

 

 

 

 

 

 

 

 

R$ 1.000.000

100%

15.997

R$ 63

 
           

Hipótese:

 

Migração de  10% das transações em dinheiro e cartão de débito para

 

                       o cartão private label; preservando os tickets médios.

 

 

 

 

 

Qtde de

Ticket

 

Hipótese 1

Venda Mês

Particip.

Transações

Médio

 

Dinheiro

R$ 315.000

28%

7.875

R$ 40

 

Cartão de Débito

R$ 135.000

12%

2.250

R$ 60

 

Cheque Pré-Datado

R$ 100.000

9%

1.111

R$ 90

 

Cartão de Crédito

R$ 400.000

36%

3.636

R$ 110

 

Cartão Private Label

R$ 171.450

15%

1.125

R$ 152

 

 

 

 

 

 

 

 

R$ 1.121.450

100%

15.997

R$ 70

 

Variação

12%

 

 

12%